Conselhos de Avô

B Fachada

Compositor: Não Disponível

Larga a sopa, joão,
Não comas mais,
Não dês ouvidos às mentiras
Dos teus pais!


Larga a sopa, joão,
Sou eu que digo
Larga a sopa que o espinafre é meu amigo.


Larga a sopa, joão,
Tu pensa bem nas emoções dos vegetais.
Larga a sopa, joão, eu sei que gostas
Mas come antes um peixinho e umas lagostas.


Larga a sopa malandro, estas a abusar,
Se a tua avó te vê vai ter de te ralhar.


Larga a sopa, joão, não comas tanto,
Ao menos faz-me esse favor enquanto eu canto
Larga a sopa, meu amor, vai p'ro o jardim,
Brincar na relva antes que a relva chegue ao fim
Quando voltares, vais ver, salvei a sopa de cozer,
Mas dou-te meia saladinha, não te quero ver sofrer


Vais crescer,
E é sopa que vais querer a toda a hora.
É uma vida a triturar, vê lá, não queiras começar já já.


Vais crescer,
E é sopa que vais querer a toda a hora.
É uma vida a triturar, vê lá, não queiras começar já já.
Larga-me isso por agora!

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital